Eventos

Agosto Dourado – Um ato de Amor

Iniciamos mais um mês de campanha, conhecido como Agosto Dourado, porque simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno.  São trinta dias, em que são celebrados a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.

Há cerca de vinte anos, entre os dias 1º e 7 de agosto acontecem ações, no mundo todo, em prol da amamentação que buscam promover o aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida, se estendendo até os dois anos ou mais. A Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) faz parte de uma história focada na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança. Atualmente, é considerada um veículo que promove o aleitamento em 120 países.

O aleitamento materno também é capaz de reduzir em até 13% a mortalidade de crianças menores de 5 anos, decorrente de causas evitáveis, visto que ele ajuda a prevenir casos de diarreia, infecções respiratórias, doenças como diabetes, colesterol alto e até obesidade.

Amamentação e Covid-19

Segundo publicação de mensagem de alerta emitido pelo Departamento Científico de Aleitamento Materno em tempos de Covid -19 da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) em maio deste ano, foi ratificado que não há comprovação de contaminação por meio do leite materno.

” …até o momento não há comprovação irrefutável de transmissão vertical durante a gestação ou através do aleitamento materno. A afirmativa tem como base a conclusão do estudo divulgado recentemente e ainda em pré-aprovação – MedRxiv.”

Mas mesmo assim, chama a atenção quanto aos procedimentos do momento do nascimento até a alta hospitalar. Com isso, a SBP relaciona alguns cuidados que devem ser tomados durante esse período. 

“Entretanto, apesar de não ter sido comprovada a transmissão vertical, a contaminação pode ocorrer durante os procedimentos do nascimento e todos os cuidados devem ser tomados no sentido de proteção da parturiente, do concepto e da equipe de saúde presente em relação ao COVID-19”…

Como exemplo, a utilização de incubadoras ao invés de berços e uso de cortinas entre o recém-nascido e a mãe. Desta forma evita-se que gotículas respiratórias possam causar alguma contaminação.

Além de lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos antes e depois de tocar o bebe, usar mascara facial, evitar que o bebe toque no rosto da mãe, principalmente na boca e nariz e ainda nas situações em que a suspeita ou confirmadas de Covid-19, os cuidados com o bebe devem ser realizados por outra pessoa que não tenha sintomas.

Acesse o link e saiba mais: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22467f-NA_-_AleitMat_tempos_COVID-19-_na_matern_e_apos_alta.pdf

 

Fonte: https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/nao-ha-comprovacoes-de-transmissao-vertical-da-covid-19-durante-gestacao-ou-amamentacao-afirmam-pediatras/

https://www.fadc.org.br/noticias/aleitamento-materno

Cálculo atuarial é pauta durante reunião com Direção do Mutumprev e Secretário de Administração

Em caráter excepcional o cálculo atuarial de 2020 com ano base 2019 foi realizado e apresentado ao Secretario de Administração da Prefeitura, Sr. Roberto Hilário, neste mês de julho(21).

Devido a reforma da Previdência Social por meio da E. C. nº 103/2019 o Ministério da Economia, antigo Ministério da Previdência, realizou diversas alterações e adaptações nas normas que regem o calculo e com isso o prazo que antes era final de todo mês de março, passou a ser final de julho(31).

Durante apresentação do relatório, o Sr. Paulo ferreira, atual assessoria jurídica do Mutumprev explanou sobre a redução significativa do deficit atuarial em 20% e redução de custo especial de 4,52 para 2,00.

A reforma previdenciária trouxe entre outras mudanças, o aumento da alíquota patronal de 11% para 14% o que automaticamente alterou a contribuição de todos os trabalhadores, tanto no serviço público quanto no privado para o mesmo percentual, diferenciando apenas a fixação do desconto para o servidor público.

A próxima fase consiste em passar por análise e aprovação da Câmara Municipal de Nova Mutum.

Mas, o que é o calculo atuarial e para que serve?

Avaliação Atuarial é o estudo técnico desenvolvido pelo atuário, baseado nas características biométricas, demográficas e econômicas da população analisada, com o objetivo principal de estabelecer, de forma suficiente e adequada, os recursos necessários para a garantia dos pagamentos dos benefícios previstos pelo Regime de Previdência.

Campanha Julho Amarelo – Conscientização, Prevenção e Controle das Hepatites Virais

Julho Amarelo

Julho é o mês da conscientização de hepatites virais. O mês foi escolhido pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê Estadual de Hepatites Virais.

Curiosidade

A cor foi escolhida por ser o tom que os olhos dos infectados geralmente ficam quando a doença se manifesta, no fígado.

Você sabe o que é hepatite?

A hepatite é uma grave inflamação do fígado que atinge na maioria das vezes os homens. O Boletim Epidemiológico 2018 informa que os casos da doença são maiores em homens de 20 a 39 anos (Organização Mundial de Saúde).

Possui sinais de olhos e pele amarelados, cansaço, febre, mal-estar, tontura, vômitos, dor abdominal, urina escura e fezes claras. Muitas pessoas não sabem que estão infectadas e, além de não realizarem o devido tratamento acabam disseminando a doença. Por isso recomenda-se a realização do teste para hepatite C pelo menos uma vez na vida, com o objetivo de diagnosticar e tratar o mais precocemente.

Como são transmitidas?

As hepatites virais (especialmente A, B e C) podem ser transmitidas pela água e alimentos contaminados, de uma pessoa para outra por via sexual, por meio de fluidos corporais (compartilhar o mesmo barbeador, manicure, usuários de drogas, etc) e verticalmente, ou seja, da mãe para o filho, por isso a contaminação é bastante comum e a disseminação muito fácil e rápida.

Previna-se

A vacina é uma forma de prevenção contra as hepatites do tipo A e B. Quem se vacina para o tipo B, se protege também para hepatite D. Ainda não existe vacina para a hepatite C, porém o paciente pode realizar o tratamento cujo índice de cura é superior a 90%. Algumas medidas simples previnem a infecção, tais como:

– Usar preservativos;
– Exigir materiais descartáveis e esterilizados em estúdios de tatuagem, salões com manicures e pedicures;
– Não compartilhar agulhas e seringas;
– Manter exames de rotina em dia;
– Consultar um médico com frequência.

Fonte: https://www.amafresp.org.br/noticias/julho-amarelo-um-sinal-de-alerta-para-as-hepatites-virais/

Servidores do S.A.A.E. participam de treinamento sobre Lei nº 2.404/2020.

Na manhã desta quarta-feira (01) passou a vigorar a Lei nº 2.404/2020 que altera a responsabilidade de concessão e pagamento dos benefícios temporários de auxilio-doença, auxilio-reclusão, salário-maternidade e salário-família. Até a publicação da Emenda Constitucional n° 103/2019, o Mutumprev era responsável pelo pagamento dos benefícios temporários. Com a reforma da previdência social e a criação da lei municipal, esta responsabilidade passa a ser dos Entes em que o servidor efetivo for vinculado. 

Conforme cronograma, o Mutumprev já realizou treinamento para os setores de recursos humanos e medicina do trabalho da Prefeitura e agora foi a vez do setor de recursos humanos do Saae – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Nova Mutum.

Servidores: Camila Raasch, Sandra Carvalho e Marcio Pereira

Mutumprev realiza treinamento para servidores da Prefeitura.

A equipe do Mutumprev realizou nesta sexta-feira dia 12,  treinamento para os servidores que compõem as equipes dos setores de Recursos Humanos e SESMET – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança da Medicina do Trabalho do Poder Executivo.

O treinamento foi realizado com o objetivo de alinhar as alterações trazidas pela reforma previdenciária que entrou em vigor em novembro de 2019 por meio da Emenda Constitucional n° 103/2019. Com isso haverá o remanejamento dos pagamentos de benefícios temporários, tais como auxilio-doença, salario-maternidade, auxilio-reclusão e salário-família. A  Lei Municipal nº 2.404 de 08 de junho de 2020 que entrará em vigor a partir de 01 de julho do ano corrente transfere a responsabilidade destes pagamentos aos Poderes Executivo, Legislativo, Autarquias e Fundações do Município de  Nova Mutum, 

A reforma da previdência nos trouxe muitas mudanças em tempo curto para sua execução, entre elas a limitação ao pagamento de pensões por morte e aposentadorias, e com isso, temos que nos adequar sempre visando as conformidades com as leis.
                                                                                                       Rosemeire Silva-Coordenadora Previdenciária

 

Abril – Mês de Atenção à Segurança do Trabalho

Abril Verde e os 50 anos do acidente que motivou a data – Blog ...O servidor Sr. Antônio Erinaldo, Técnico da Segurança do Trabalho pelo Serviço Especializado de Segurança e Medicina do Trabalho – SESMT da Prefeitura de Nova Mutum, realizou na data de ontem (13) diversas capacitações abrangendo no total 20 Agentes de Combate a Endemias com o objetivo de minimizar os riscos de exposição durante a execução de tarefas de combate à infestação de doenças infecto contagiosas.

Durante a capacitação, foram apresentados os principais Equipamentos de Proteção Individual, bem como a demonstração prática do uso adequado. Devemos informar e prevenir sempre”.

Relatou o técnico que atua desde 2014 na área de atenção aos trabalhadores da Prefeitura.

O movimento Abril Verde engloba ações de conscientização relacionadas à segurança e à saúde do trabalhador brasileiro. Ele parte do pressuposto de que se pode fazer mais por um trabalho saudável e sem acidentes, por meio da disseminação de informações qualificadas que fortaleçam a cultura de prevenção de acidentes no ambiente de trabalho.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 2003, instituiu o dia 28 de abril como o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de um acidente ocorrido em uma mina em Virgínia, nos Estados Unidos, em 1969. No Brasil, a data foi promulgada como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, pela Lei nº 11.121, no ano de 2005.

Segundo os dados do Anuário Estatístico de Acidente de Trabalho (AET 2017), o Brasil vem conseguindo reduzir, nos últimos anos, o número de mortes (de 2.288 em 2016 para 2.096 em 2017) e acidentes registrados (de 585.626 em 2016 para 549.405 em 2017) no ambiente de trabalho.

Fonte:https://www.sesi-ce.org.br/blog/abril-verde-e-os-50-anos-do-acidente-que-motivou-a-data/

Projeto – Mutumprev em Ação – Etapa II

Nos dias 16 e 17 de outubro, o Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Nova Mutum – Mutumprev  realizou a segunda etapa do Projeto Mutumprev em Ação.

Nesta segunda etapa, o Projeto visitou os servidores efetivos da Comunidade Ranchão, localizada aproximadamente 40 Km de distância do município.

Com aproximadamente 45 servidores efetivos, a Comunidade Ranchão é composta pelas secretárias da saúde, educação e obras.

O projeto tem como objetivo alcançar o maior número de servidores efetivos, levando até eles todo conhecimento do seu Regime Próprio de Previdência.

Durante o projeto a equipe do Mutumprev realiza a atualização cadastral dos segurados, educação previdenciária e financeira, consulta jurídica e prestação de contas do Mutumprev.

A coordenação do Mutumprev agradece aos servidores do município pela recepção e envolvimento com o Projeto.

Mais uma etapa do projeto Mutumprev em Ação foi concluída com sucesso, graças ao comprometimento, parceria e interesse de todos os envolvidos. Ficamos muito satisfeitos e agradecidos a todos.”

 

Mutumprev realiza encontro com vereadores de Nova Mutum

No último dia 27 de maio do ano corrente, a Diretora Executiva do Mutumprev, Sra. Terezinha Aparecida Leite Arissava e a coordenadora previdenciária, Sra. Rosemeire Silva, reuniram-se com os vereadores da Câmara Municipal de Nova Mutum para debaterem o resultado do Relatório de Cálculo Atuarial 2019 com ano base 2018.

Como de praxe, os vereadores de Nova Mutum convidaram os representantes do RPPS para esclarecerem dúvidas sobre o resultado do Relatório de Cálculo Atuarial de 2019.

Conforme cálculo não houve alteração nos valores de contribuição da parte patronal, mantendo a previsão de 2018 que foi reajustado em janeiro deste ano. Atualmente a parte patronal pago pela Câmaa, Saae e Prefeitura está em 14,91%. Ocorrendo o próximo reajuste somente em janeiro de 2020. Já em relação a contribuição do servidor o percentual não é alterado e conforme lei mantem-se em 11%.

Ainda durante a reunião, o Mutumprev informou a necessidade de realização de atualização cadastral dos segurados do RPPS, o que trará mais efetividade e pontualidade para o próximo cálculo atuarial.

 

 

Servidores do Mutumprev participam de curso de capacitação de Programa Gestão Eficaz em Sinop

Realizado pelo TCE-MT, por meio da Consultoria Técnica, o Gestão Eficaz proporcionou aos participantes conhecimento mais específico da administração pública com enfase na gestão do RPPS (Regime Próprio de Previdência Social). A primeira edição aconteceu em março, em Cuiabá, com a participação de mais de 300 pessoas, e a segunda edição foi realizada em abril, em Pontes e Lacerda.

Além de Nova Mutum, foram convidados a participar da capacitação os gestores e servidores dos municípios de Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itaúba, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Matupá, Sinop, Nova Santa Helena, Nova Ubiratã, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo, Porto dos Gaúchos, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, São José do Rio Claro, Sorriso, Tabaporã, Tapurah, União do Sul e Vera.

A fim de tornar o evento mais dinâmico e eficiente, as palestras foram substituídas por oficinas, que capacitaram os participantes sobre arrecadação própria, prestação de contas via Sistema Aplic, Programa Radar (Módulo Compras Públicas), Contratações Públicas e Gestão e Controle de RPPS.

O secretário da Secex Previdência explicou alguns detalhes sobre os processos de auditoria realizados pelo TCE, os acompanhamentos simultâneos feitos nos investimentos realizados pelos RPPS, as contribuições previdenciárias e as despesas administrativas. No entanto, o tema mais complexo e de maior atenção abordado na oficina foi com relação à gestão atuarial, necessária para garantir a solvência e a liquidez do regime próprio.

Os desafios enfrentados pelas equipes dos regimes próprios também foram discutidos, tais como estrutura física, organizacional, pessoal e mapeamento dos processos internos.

O Mutumprev foi representado por sua coordenadora previdenciária, Sra. Rosemeire Silva e o atual presidente do comitê de investimentos, Sr. Antonio Otalivio.

Para a coordenadora do Mutumprev, Rosemeire Silva, é  relevante a interação entre o Tribunal de Contas e as previdências municipais. “Absorvemos o máximo possível de informações nestes cursos de capacitação oferecidos pelo TCE-MT. Além da interação com demais RPPS´s do estado, conseguimos esclarecer duvidas e ainda simular situações que vivemos diariamente.” 

Membros da MutumPrev participam de Capacitação em Nova Mutum

13/08/2018 09h14 – Atualizado em 13/08/2018 09h14

O Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Nova Mutum – MUTUMPREV, realizou nos últimos dias 06 e 07 de agosto o Curso Preparatório para Certificação do CGRPPS para os membros dos Conselhos Fiscal e Curador e Comitê de Investimentos.

O curso foi realizado no Centro de Formação da Educação de Nova Mutum (CFENM), sendo ministrado pelo economista e consultor de Investimentos, Ronaldo Borges da empresa Mais Valia Consultoria – Educação Continuada, com o intuito de obter a certificação CGRPPS.

Objetivando elevar os padrões dos profissionais que atuam no Fundo de Previdência do Município, o Economista, com mais de 30 anos de atuação no mercado financeiro nacional, certificação CPA-20 e credenciado junto a CVM- Comissão de Valores Mobiliários, abordou, entre outros, temas como Sistema Financeiro Nacional, Fundos de investimentos e Noções de Economia e Finanças. A certificação é a parceria entre a Apimec e a Associação Brasileira de Instituições de Previdência de Estados e Municípios – Abipem

“Nosso estatuto prevê que haja na MutumPrev o maior número de pessoas certificadas e uma destas certificações é a CGRPPS. Estamos hoje cumprindo mais um objetivo”, destaca Antonio Otalívio, presidente do Comitê de Investimentos da MutumPrev.

O exame CGRPPS visa comprovar a qualificação técnica necessária dos profissionais que atuam nas instituições de previdência estadual e municipal.

Hoje o Mutumprev conta com membros representantes do Poder Executivo, Legislativo e representantes dos servidores públicos municipais. A Diretoria é formada por Karla Rozeana Bau Zarth presidente do Conselho Curador, Roberto Bento Hilário, presidente do Conselho Fiscal e Antonio Otalívio de Moura, presidente do Comitê de Investimentos.

 
Back to top